15 de jan de 2012

Conhecendo mais uma fazenda

Meus amigos, tive o prazer de mais uma vez conhecer uma nova fazenda, para a realização de pescarias.

Para ser sincero, desconhecia literalmente este local, sequer imaginava a sua presença no mapa, entretanto através de meu pai que é muito amigo do administrador foi possível conhecer este local.

Já deixo aqui meus agradecimentos ao "Carlinhos" o qual sempre nos tratou muito bem, e no local não foi diferente, e fez de tudo. Um grande abraço a ele.

A fazenda era um antigo local de criação de peixes, repleto de lagos e algumas espécies habitam estes locais, como tilápias, tucunarés, saicangas etc.

Já há vários tempos tinha-mos o convite porém sempre com imprevisto sendo assim resolvemos que iríamos ao local com, sol, chuva, seja como for.

E de fato no dia previsto, tempo frio, ventando e chuva, mas mesmo assim apesar de pouco tempo de pesca, resolvemos ir conhecer o local, já para ter ideia das próximas pescarias o que levar ou não, quais técnicas etc.

O local é de difícil localização, entretanto ao meio no "nada" a entrada se destaca.



Chegando ao local, um amiguinho aparece para dar as boas vindas.



O local é repleto de aves cobiçadas que cantam livres e aos bandos, como por exemplo os canários que tem aos "milhões"



Carro estacionado, hora de seguir a um dos tanques, que tem ao decorrer do local. Várias casas também fazem parte da colônia.


O local é muito lindo, repleto de árvores frutíferas, entre outras, com equinos e bovinos também em suas dependências.




Logo já é possível ver um dos tanques, o qual nós permanecemos pescando.





A pesca nele realizamos dentro do "haras" que é considerado o melhor local para os tucunarés deste tanque, embora não estive-se muito animado, visto as condições do tempo.



Como eu esperava, não houve ações dos tucunarés, tempo muito frio, ventando, chuva, totalmente inadequado, o próprio administrador que estava conosco deu a volta no tanque olhando toda a margem e comprovou que eles não estavam, mesmo com iscas de fundo não quiseram conversa.

Entretanto isso não é problema pois temos outros peixes, e vamos mudar os equipamentos e seguir a pesca.

O lago tem muita tilápia, desde pequenas as grandes e mais muita, mas muitas saicangas que chegam a atrapalhar a pesca da tilápias.


Close na boca...


Como as tilápias podem ser consideradas selvagens neste tanque silêncio se mostra fundamental, com uma boa ceva, logo elas vem nas iscas. Apesar de aparecer muitas pequeninas.


Entre uma fisgada e outra mais saicangas.





A melhor técnicas no local para a pesca de tilápias se mostrou a seguinte, sempre intercalar varas grandes, ou com linhas compridas para a pesca bem na frente, e outras menores para as saicangas atacar estas e deixar as maiores para as tilápias.

Entre uma fisgada e outra, sempre aparecia as de maior tamanho.




Por fim, mais um dia chegou ao fim, repleto de alegria e tranquilidade, feliz pelo belo local conhecido, e com promessa de novas pescarias fartas.

E para terminar, é sempre bom uma fritadinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...