27 de out de 2011

"Meia Caipira Meia Moderna"

Ficou estipulado ir capturas umas traíras, para isso escolhemos um tanque em uma das fazendas em que temos a liberdade de pescar.

Sendo assim desta vez decidi fazer uma pescaria em duas partes uma só no pincho e outra só no varão de bambu, com a boa e velha técnica caipira, parecida com o bait no quesito em que o pescador vai a procura do peixe.

Dia bem abafado, quente e com formação de nuvens de chuva, com certeza uma ótima aventura.

Chegando ao local este estava bem calmo sem vento, e graças as nuvens o sol estava ameno.




Importante, não só para isca mas para uma boa fritada, é hora de começar a pescar os bons lambaris, material bem leve, linhas 0,15mm, varas telescópicas 99% carbono.




Como sempre utilizar diferentes técnicas é fundamental, para isso, uma ou outra vara na espera é uma escolha interessante.



Depois de um tempo e com um bom estoque de lambaris, deixo esta modalidade e sigo para as artificiais, para isso me foquei exclusivamente na pesca com softs, o motivo é simples estava pescando em cima do aterro do tanque, o que pode parecer estranho na pesca de traíra, mas o local é todo cheio de árvores submersas que foram colocada propositalmente para evitar redes e tarrafas neste local do lago.

E vamos ao Texas Rig.






Depois de muito tempo de pincho, hora de mudar de modalidade, e seguir ao estilo caipira, com boas varas de bambus, encordoadas a melhor maneira possível.

Inicialmente seguimos meu pai e eu pelo aterro, quando o tempo começa a virar.






Chegando a cabeceira do tanque, já da para ter uma ideia de como estava virando o tempo



 Depois de uma boa chuva, hora de sair batendo na outra parte do tanque, que é "suja" composta de muita vegetação, e capins e árvores no barranco, local em que a prudência deve ser maior, devido as cobras que existem no local.





Entretanto um ótimo local para se pescar na água, que na minha opinião uma das melhores maneiras de se pescar.







 Por fim, mais uma grande pescaria realizada, com diversas modalidades, em ótima companhia, e nada como finalizar o dia com chave de ouro, com uma fritadinha com algumas traíras separadas para isso.

Um comentário:

  1. Bela Pescaria.
    Ah esses dias abafados são bem promissores e rendem ótimas pescarias.
    O moderno é bom,mas não podemos esquecer das origens,de quando(pelo menos eu)começamos à pescar: a velha e boa varinha de bambu ou até mesmo uma linhada de mão...
    E pra repor as energias uma boa fritada de traíra
    Traíra frita no fogão à lenha é outra coisa!!!!

    Parabéns!!!

    Abração Parceiro.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...