23 de mai de 2011

Costela de Pacu ao Shoyu

Esta receita é muito saborosa e de preparo muito fácil e rápido.

Pode ser feito com o peixe inteiro, porem muitas pessoas preferem utilizar só as costelas do pacu, já que não tem espinho na carne a não ser as próprias costelas.

De qualquer forma fica a critério de cada um, se preferir só as costelas, utilize as demais partes com espinho para fazer um pirão por exemplo.

Corte as "talas" dos peixes nem muito fina nem muito grossas, o motivo disso explico mais a frente.

O tempero é a escolher, neste caso foi utilizado sal, cheiro verde, alho e cebola tudo amassado no pilão.

Agora temos um detalhe importante, o peixe, vai ficar marinando no shoyu, então cuidado com a quantidade de sal a ser utilizada para não ficar muito salgado.

Para fritar, escolha uma panela que não grude o peixe, e aqui que vem o segredo:

1 - O óleo deve estar bem quente

2 - O excesso de shoyu deve ser retirado antes de colocar o peixe para fritar

3 - As talas, como já dito tem que ser cortadas nem muito finas para não ficar só osso, e nem muito grossas.

A explicação é a seguinte, se o peixe for com excesso de shoyu, ou for pedaços muito grosso, ele vai ficar mais tempo fritando, e como foi marinado em shoyu ele vai ficar muito escuro, com aparência de queimado, o que não se torna uma boa apresentação do prato.

Se for muito fino, ele seca ao ser frito.

Agora cortado de forma mediana, como ficou marinando, ele não vai ficar seco ao fritar e vai ficar bem suculento.

Depois de pronto é hora de aproveitar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...