23 de jan de 2011

Desvendando os BuzzBait




Os buzzbait assim como os spinnerbaits são bastante difundidas para a pesca de blackbass no exterior.

Aqui no nosso país também funciona muito bem com nossos peixes, a aplicação mais comum é na pesca de traíras assim como o spinnerbait, embora isso não significa que esta não seja efetiva com outros peixe, muito pelo contrário.

Assim como seus "primos" spinner e spinnerbait, esta isca consegue trabalhar em diferentes profundidades desde que efetue o trabalho correto, mas na verdade esta isca em si tem como padrão trabalhar na superfície durante o recolhimento, fazendo bastante barulho e bolhas.

Assim como nos spinnerbait esta isca possuí o anzol voltado para cima, diminuindo a chance de enrosco.
Também é possível a utilização dos trailers tornando esta isca totalmente anti-enrosco com este acessório.






Uma característica do buzzbait,  ela não utiliza lâminas do tipo que são utilizadas nos spinner e spinnerbait, mas sim hélices.

Os buzzbait normalmente encontrados são de uma hélice, porem existem outras versões, como de duas hélices na mesma haste, ou 2 hélices em hastes separadas, sem contar algumas que possuí um plug.

2 hélices na mesma haste.






2 hélices em haste separadas.






Plug em forma de sapo.






A escolha da isca, como todas as outras, depende de N fatores.

Devemos nos atentar as cores das cerdas, levando em consideração no primeiro momento a velha regra, águas claras = iscas claras, águas escuras = iscas escuras.

Também o peso da isca é outro fator importante que deve ser levado em consideração, como possuí uma "cabeça" de chumbo entre o anzol e a haste de aço ela agrega bastante peso, por isso devemos nos atentar para não desequilibrar o conjunto.

Quanto ao trabalho da isca.

O trabalho padrão é o recolhimento contínuo da isca, fazendo ela trabalhar na superfície, graças a sua hélice provoca bastante barulho e bolhas na água.

Porem é este um dos maiores erros da pesca com o buzzbait.

Os grandes pescadores de bass que utilizam esta isca jamais efetua este simples trabalho de só recolher e o motivo é meio óbvio.

O melhor trabalho com esta isca é intercalar os recolhimento com paradas, assim a isca vem a superfície e afunda, e assim prossegue, esta técnica gera muito mais resultados.

E pode ser feita de forma rápida para a isca não afundar muito, ou de forma bem lenta, fazendo a isca afundar bastante.

Com o trabalho certo é possível "varrer" qualquer profundidade aumentando muito as chances de captura.

Abaixo temos um vídeo que explica sobre esta isca, e mostra o trabalho dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...