27 de dez de 2010

Desvendando os Spinnerbait



Cada isca tem sua caracteristicas e aplicações,, as técnicas utilizadas podem varias bastante de isca para isca.

Aqui vamos falar do famosos spinnerbait, isca muito consagrada no Japão e nos EUA, e sem duvida muito utilizado no Brasil.

O Spinnerbait na pesca de traíras e bass é uma isca coringa sempre proporcionando grandes resultados, já que é uma isca bem "barulhenta" despertando o instinto predador deste peixe.

Ela nos traz grandes vantagens, são iscas que podem cobrir diferentes profundidades, dependendo da velocidade de recolhimento e do trabalho realizado.

Sua técnica é relativamente simples para quem esta começando, e pode ser aprimorada na mão de um pescador com mais experiência fazendo esta isca trabalhar com técnicas mais avançadas.

Um dos grandes trunfos do Spinnerbait é que como em seu anzol voltado para cima, ela enrosca muito dificilmente, e não bastando isso é possível ser acoplado um trailer nesta isca, tornando definitivamente um isca ante enrosco, item indispensável em alguns locais de pesca, onde é composto de muitas estruturas, vegetação etc.

O trailer consiste normalmente em uma isca soft, de tamanho compatível com o spinnerbait, que alem de dar mais volume a isca, confere mais atratividade para mesma alem da proteção contra enrosco.





Para escolha adequada da isca, devemos nos atentar a cor das suas Lâminas(blades) e da sua Saia(skirt)

Lembrando que a saia é os filamentos de silicone/borracha etc, que acompanha a isca, este item com o tempo deve ser trocado devido aos ataques ele é danificado.
Segue a conhecida regra, para dias claros, águas limpas, cores claras, para águas escuras e dias nublados, cores escuras.

Quanto as suas lâminas, temos 3 tipos básicos de lâminas em dois modelos de spinnerbait, fazendo assim uma combinação de 6 diferentes iscas, sem levar em consideração as diferentes cores e modelos que utilizam 2 lâminas de formato diferente

Temos spinnerbait de 1 ou 2 lâminas como mostrado abaixo.





Quanto as suas lâminas 3 modelos

A Colorado, que possuí formato arredondado, conferindo maior vibração a isca, porem conferem menor reflexão da luz , sendo assim este tipo de lâmina é indicada para águas mais turvas, onde a limitação visual é grande.



A em formato de folha, tem como maior trunfo o grande reflexo que produz, tendo consequentemente menos vibração que a colorado.
Este tipo de lâmina é mais indicado para águas claras, em dias bem ensolarado onde o atrativo visual é mais forte.




A lâmina indiana é uma mistura das duas anteriores, proporcionando um equilíbrio entre barulho e reflexo, uma boa escolha para águas não tão escuras, e nem tão claras.




Com spinnerbait de 2 lâminas é possível procurar combinações para maximizar o potêncial da isca, como por exemplo 1 lâmina do tipo folha e outra do tipo colorado unindo assim brilho e vibração a isca, lâminas "marteladas" oferecem ainda mais brilho a isca.

Existem alguns spinnerbait com 4 lâminas, outros com dois braços independentes, como são mostrados abaixo.

De dois braços.






De quatro lâminas.







O tipo de trabalho com esta isca pode ser o mais variado possível:

Pode ser com recolhimento contínuo, com a ponta da vara para baixo, quanto mais baixo a ponta da vara, maior será a profundidade alcançada por esta isca.

Recolhimento com pequenas paradas, muitas vezes quando o peixes esta mais manhoso esta parada faz a diferença entre o peixe atacar a isca ou não.

Existem situações onde o pescador, acha necessário dar leves toques com a ponta da vara, ocasionando um trabalho errático na isca.

O trabalho na verdade vai depender exclusivamente da situação de pesca, e da ação dos peixes no dia.

Abaixo um vídeo que também fala sobre o spinnerbait e demonstra o trabalho com esta isca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...