21 de nov de 2010

Dicas para soltar um peixe com sucesso



Sabemos que o pesque e solte (catch and release) é importantíssimo para a preservação das nossas espécies de peixe.

Mas devemos estar atentos a algumas dicas, para que após a captura e ser solto o peixe não venha a morrer.

Temos aqui algumas dicas valiosas, para garantir a sobrevivência do peixe captura.

- Muitos não dão atenção a isso, mas é fundamental utilizar um equipamento condizente com o peixe alvo,  a utilização de equipamentos mais frágeis que o indicado, acarreta a um tempo de combate elevado entre peixe e pescador, fazendo o stress do peixe ser muito maior, podendo até causar a morte.
Muitos pescadores defendem o uso de um equipamento mais leve pela esportividade, esta tal "esportividade" pode custar a vida de vários peixes.

- Utilize anzóis sem farpas, fica muito mais fácil retirar da boca do peixe, evitando vários danos, como tecidos rasgados por exemplo na hora de retirar o anzol devido as farpas.

- Tenha sempre em mãos alicates, eles são de suma importância para agilizar o processo, alicates de contenção auxiliam na mobilização do peixe, alicates de bico para a retirada do anzol especialmente em peixes munidos de forte dentição.

- É interessante ter em mãos um alicate de corte de força dupla, estes alicates permitem cortar por exemplo garatéias das mais reforçadas sem grandes esforços, as vezes na pesca com iscas artificiais por exemplo, a garatéias pode transpassar locais perto do olho do peixe como exemplo, então neste caso vale a pena cortar a garatéia para retirar o anzol sem machucar o peixe.

- Jamais levante peixes para ser pesado pela boca, muito comum hoje em dia os alicates de contenção vem com balança, e os pescadores ao erguerem o peixe, nem sempre a garra segura e o peixe cai no chão, sem contar que vários peixes tem a boca mutilada e morrem por não conseguirem mais se alimentar.
Caso queira pesar, coloque em um passaguá, prenda a balança ao aro  e levante, depois é só descontar o peso do passaguá.

- Em hipótese alguma toque nas guelras dos peixes, são muito sensíveis, e um ferimento ali o levara a morte.

- Mantenha o peixe fora d´agua o menor tempo possível, no máximo o tempo de tirar uma foto, não é necessário deixar mais tempo do que isso ele fora.

- Solte o peixe em águas calmas, sem correnteza, estamos assim evitando que ele fique se esforçando sem necessidade.

- Quando for tocar nos peixes esteja com as mãos molhadas, assim evitamos a perca de muco protetor que o peixe possuí.

- Alguns peixes ficam mais calmos com a barriga para cima na hora de retirar o anzol.

- Na hora de soltar, tenha cuidado, leve o peixe até a água, e segure pela calda, deixe que ele se recupera, não arremesse o peixe para a água, não o chute barranco abaixo.

Acatando estas dicas estaremos garantindo a sobrevivência do peixe liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...