5 de mar de 2009

Dicas Básicas e Eficientes para a Pesca com Iscas Artificiais



Todo pescador inciante nesta modalidade, ou mesmo aqueles que desejam começar, querem conhecer as iscas artificiais, as montagens etc, porem aqui vai algumas dicas que podem nos ajudar muito.

Destacando novamente que a pesca com artificiais, é algo dinâmico, logo tudo depende do trabalho e da estratégia do pescador, pequenas "manhas" utilizas fazem grandes diferenças.

O peixe cada dia ele se comporta de um jeito diferente por isso é bom termos em mente alguns detalhes, na pesca com iscas artificiais, sobre as cores , ação e formas das iscas.

Quanto as cores, a regra básica é cores escuras para águas mais escuras, e iscas de cores claras para águas mais límpidas, embora isso não precisa ser levado ao pé da letra, vale lembrar que existe a famosa cor coringa, ou seja, uma cor que sempre tem garantia de bons resultados as iscas cor osso cabeça vermelha por exemplo sempre costuma dar resultado.
Devemos procurar em qual profundidade o peixe esta batendo, e assim usar as iscas apropriadas,a verdade é que a grande preferência de todos é pescar na superfície devido a explosão na água que alguns peixes fazem, lembre-se não adianta teimar na superfície se o peixe estiver batendo no fundo.

Quando o peixe só esta seguindo a artificial, e não ataca, é interessante dar a famosa "paradinha", dê pequenas paradas com a isca e faça pequeno trabalhos com a ponta da vara, isso costuma funcionar.
Quando o peixe esta manhoso é conveniente arremessar algumas vezes no mesmo lugar e alternar o modo de trabalho da isca, um arremesso com trabalho lento outro com trabalho rápido e assim por diante, esta tática é muito interessante ser usada com peixes que ficam de tocaia, como traíras, tucunarés etc.

Se por um acaso for avistado um peixe parado ou nadando na superfície, nunca arremesse a isca em cima dele, é muito comum o pescador na euforia fazer isso,  isso assusta o peixe, ainda mais se estiver usando iscas grandes.
O mais indicado é arremessar a uma distância a frente do peixe e vim trabalhando a isca.
Caso o peixe estiver caçando ai sim podemos jogar a isca perto dele, pois ele virá "quente" na isca, pois seu extinto de caça estará aguçado.

Alguns peixes como matrinxãs, dourados, tucunarés etc, como sabemos dão saltos espetaculares, e é muito fácil eles jogarem a isca para fora da boca, por isso sempre devemos deixar a linha esticada, e na hora do salto, puxar a vara de lado e recolher a linha para não afrouxar a lisca na boca.

Sempre devemos andar com um alicate de bico, com ele retiramos de forma fácil e rápida as garateias do peixe, assim evitamos um stress maior para o mesmo e nunca devemos ficar demorando com o peixe para fora d´agua, seria o mesmo que ficássemos com a cabeça dentro de uma piscina sem poder respirar, pegou o peixe tirou os anzóis, tira a foto e já devolve ele na água.

Usem óculos, seja ele escuro, ou só de proteção transparente, especialmente quando pescamos peixes que pulam, pois a isca pode voar em nossa direção e nos ferir seriamente, também nunca devemos puxar com grande força uma isca enroscada, pois pode ocorrer o mesmo.

Amasse a fisga dos anzóis além de machucar menos o peixe, em caso de acidente conosco a retirada é facilitada.

Estas são dicas básicas para a pesca com iscas artificiais, com elas podemos maximizar os resultados, tratar melhor os peixes e também evitar acidentes graves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...