24/01/2009

Indicação de Iscas Naturais para diversos tipos de peixes

Temos de forma resumida algumas iscas naturais para alguns peixes de Pesque e Pague, já que no Brasil esta modalidade é muito comum.
Lembrando que a eficiência das iscas podem variar de local para local devido a dieta os peixes  como por influências meteorológicas.


Pacu/Tambacu/Tambaqui( popularmente chamados por redondos) -> Podem atacar em qualquer isca.
Mas os grandes destaques ficam por conta de iscas como miçanga(embora seja uma isca artificial é obrigatório seu destaque) ração na pinga, beijinho, pão, pão de queijo e salsicha.


Matrinxã/Piraputangas/Saicangas-> Peixes que costumam ficar na superfície e sub superfície, pode ser considerados como peixes oportunistas na pesca de superfície, atacando diferentes iscas, como massas rações, peixes, frutas etc.


Curimba -> Normalmente massas, e sempre com equipamento para fundo, usando boias palitos, caso for vara telescopia ou de bambu, para uma maior sensibilidade.
Muito capturado também na pesca com chuveirinho no fundo.


Tilápia -> Ração, massas, larvas e minhocas, como geralmente elas são pescadas com vara de mão, não há muito segredo, lembre-se que dependendo da hora do dia, do tempo etc, elas podem estar comendo no fundo, meia água e superfície.


Piau -> Outro peixe que costuma atacar todos os tipos de iscas, as miudezas de boi, porco e galinha costuma ter grande resultados assim como o clássico milho verde azedo ou não.


Carpas -> Normalmente pegas na superfície, entre ~0 ~2 metros da flor d´agua, sua pesca consiste na utilização de massas com chuveirinho ou xerife.
É um peixe que você deve procurar a altura na água em que ele esta comendo,  as vezes por sua iscas estar um pouco abaixo ou um pouco acima pode mudar o rendimento da pescaria.

Cuidado, na pesca de carpa ela se fisga sozinha, não é necessário o pescador dar grandes puxões de varas para confirmar a fisgada, isso pode causar o rompimento da boca deste peixe, especialmente com varas de ação rápida.


Catfish/Bagre Africano ->Normalmente próximos aos barranco são encontrados.
Iscas como miudezas de porco,boi e frango são infáliveis.
No caso da pesca exclusiva destas espécies utilize um anzol de haste longa, já que costumam engolir os anzóis as vezes.


Tucunaré -> tratando-se de iscas naturais, usa-se normalmente pequenos peixes, como tilapinhas, lambaris, de preferência vivos.
É interessante se possível, utilizar só a isca sem chumbo nem boiá, porem em alguns casos a utilização de boias é indispensável.


Traíras -> Minhocas, peixes, miudezas de frango, boi, porco, normalmente elas ficam perto de juncos, aguapés próximos a margens, são atraídas por agitação na água.


Dourados ->O rei do rio, um peixe estremamente agressivo, apesar disso, em PP se acostuma muito bem com rações.
Na sua pesca, iscas como salsichas,tuviras,pequenos peixes, minhocoçu são fundamentais.


Pintados/Cacharas/Pincachara -> Pegos na superficie, fundo, depende do dia, hora etc
Atacam uma grande gama de iscas como, massas, peixes, etc.
Mas a salsicha flutuando sem duvida é uma grande isca para estes peixes.


Pirarara -> Iscas como minhocoçu, tuvira e guelrra não podem faltar na pesca deste peixe.
Costumam atacar proximo a margem, em distancias de seus 5m.
Dica, deixe a linha meio bamba, não deixe estirada, pois costumam ser manhosas e largar a iscas se sentirem a pressão da linha ou chumbo.


Pirarucu -> Muito pescado com guelrra, peixes, minhocoçu. comum acontecer de entrarem nas varas de espera para pirarara.

Um comentário:

  1. cara muito legal.eu so tenho uma duvida.que tipo de artificial é bom pra pegar pirarara?

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...